10 dramas que seus professores passam e nunca comentam com você

Achei esse texto bem engraçado e resolvi copiar 🙂

Em algum momento da vida todos fomos alunos, e por mais que fosse super bacana ou terrivelmente sacrificante ir para a escola/universidade, essa época nos trouxe experiências pessoais que nos marcam até hoje. E quando acaba, passamos a vida pensando no período em que nossa única preocupação eram as provas de final de semestre.

Reclamamos bastante da quantidade coisas que tínhamos, que fazer, das inúmeras provas surpresa, dos trabalhos infindáveis, das aulas massacrantes, da falta de dinheiro para as xérox, até mesmo aquelas greves , que faziam com que ficássemos estudando nas férias, enquanto todos os amigos estavam viajando.

Mas o que poucos de nós pararam algum dia para refletir sobre são os professores. Claro existe aquele/a que sempre terá um lugarzinho especial em nossos corações, seja positivo ou negativo. Assim como, alguns, com absoluta certeza se lembrarão de nós até o fim de suas vidas.

E para homenagear um pouquinho essa profissão tão bela e mal compreendida, selecionamos uma lista com 10 dramas que seus professores passam e nunca comentam com você.

1. Reunião de pais
Por mais que o professor fale, por mais que tente explicar, os pais sempre vão acreditar que seus filhos são santos e a culpa de não terem tirado notas ruins é de quem ensina. Sem contar que, normalmente, as reuniões acontecem aos finais de semana ou numa bela sexta-feira à noite, apenas para tirar algumas das poucas horas de descanso que o professor tem.

2. Seminários
É no momento das apresentações que professor tenta não se desesperar , é tanta asneira que se ouve, é tanta informação errada e babaquices, que dá vontade de sair correndo e pedir demissão. Assim, a impressão é que ele está ali apenas como enfeite durante as aulas.

3. Colas
Quanto mais se pensa que não, sim, os alunos sempre vão tentar dar um jeitinho de colar nas provas. E a imaginação não tem limites. Se você acha que o professor não vê, engana-se muito. Se até hoje você nunca foi pego colando, acredite, aquele professor gosta de você. Ele tem visão de gavião.

4. Domingos
Para muitos os domingos são dias para relaxar. Menos para o professor, pelo simples motivo de que eles tem tantas coisas para corrigir, trabalhos, provas, diários para colocar em dia, que as horas durante a semana nunca são suficientes. E mesmo assim, eles não jogam na sua cara, numa segunda-feira às 7h da manhã, que está cansado e menos ainda, nunca irá dormir enquanto dá aulas.

5. Retorno
O desespero do feriado ter acabado e não ter conseguido colocar o trabalho em dia, pior ainda é lembrar que terá de entrar em sala de aula para ensinar pessoas que, muitas vezes, não estão fazendo a menor questão de aprender nada. E que começarão a contar sobre as incríveis viagens que fizeram durante os dias de descanso, (porque qualquer lugar é maravilhoso, perto de terem ficado enfurnados em casa) enquanto trabalhavam.

6. Quem é?
Batata! É tanta gente, tanto aluno, tanto pai/mãe, avó/avô, irmão/irmã, primo/prima, periquito/papagaio… Que fica difícil saber quem é quem. Aí a pessoa encontra o pobre coitado do professor e ainda pede que ele lembre qual foi a nota da sua prova da semana passada.

7. Grupinhos
Se tem uma coisa que é extremamente irritante é o tão do grupinho. Pô, a pessoa passa por um longo período (torturante) na universidade, estudando, estudando cada vez mais, para poder chegar numa sala de aula e ensinar alguma coisa decente para as criaturas e cadê o respeito? Os grupinhos se unem contra o professor para fazer burburinho, não deixando que as aulas aconteçam. E mesmo assim, o professor não vai te dar um soco na cara, por mais que tenha vontade.

8. Salário
Além de ser bem abaixo do que deveria ser, ainda existem uns alunos que tem a coragem de falar para o mestre que quem paga o salário deles é o pai e que quem manda são eles. Pode uma coisas desses? Imagina o que passa na cabeça dos professores quando escutam esse tipo asneira. É bem pior do que a imagem acima.

9. Insultos
Escutam demais. Aliás, o que os alunos mais fazem são reclamar dos professores. Pois bem, reclamem na cara, nas costas, nas mídias sociais, eles sempre vão ficar sabendo. E mesmo que não deem uma resposta direta, ah… Prepare-se porque vai ter volta. Professor não é santo, é humano e pode ser muito, muito vingativo!

10. Educação
Infelizmente ainda tem muita gente que acha que a educação e o ensino são uma coisa só. Não, não são! Os pais são inteiramente responsáveis pela educação dos filhos, enquanto os professores são pelo ensino, sim eles são uma base, na escola, para a educação, mas não tem o menor dever de fazê-lo. E é extremamente irritante para um professor ter que lidar com um aluno sem educação, respondão e metido à besta.

Por esses e tantos outros motivos achamos bastante válido parabenizar os professores, o dia deles não é apenas em 15 de outubro, mas todos os dias do ano.

 

Copiei daqui: Fatos Desconhecidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *